Muda sua vida...hoje!

Lisboa Counselling
1.Bullying nas Empresas

O bullying é uma realidade para muitas pessoas, normalmente deixando marcas que as acompanham ao longo de toda a sua vida ou, pior ainda, levando-as a desenvolver um perfil de “alvo”, que é detectado por outros agressores e que leva essas pessoas a passarem de uma situação de agressão para outra, aparentemente sem esperança de alguma vez se libertarem.

 imgres-2

O maior factor de “sucesso” do bullying é este não ser identificado como tal e, portanto, não serem tomadas medidas adequadas que possam levar a uma mudança da situação. Por isso, um foco fundamental num trabalho anti-bullying, deve ser a ajuda na identificação de características da situação e perfil do agressor, para além de mudança na atitude das vítimas e pessoas envolventes.

 

Bullying é uma forma de abuso intencional e repetida, normalmente contra a mesma pessoa (alvo) ou grupo de pessoas.

 

Características de uma situação de bullying

Muitas situações são óbvias, como comentários ofensivos ou irónicos acerca do trabalho da vítima ou da sua própria pessoa (podendo incluir a sua família, raça, educação, crenças, contexto económico, etc). Pode haver o “recrutamento” de outros colegas que acabam por entrar nesse jogo de pressão psicológica, funcionando como um gang que maltrata a sua vítima ou a impede de participar em determinadas actividades, relacionadas ou não com o trabalho.

Assédio sexual é uma forma de abuso frequente que pode passar por comentários / solicitações ou mesmo toque físico abusivo.

imgres-1

 

Em relação ao trabalho, podem ser pedidas tarefas inúteis ou mesmo descabidas e que não têm nada a ver com as suas funções ou, pelo contrário, coisas que são impossíveis de realizar no tempo estabelecido ou com os recursos disponíveis; podem mudar deliberadamente o seu horário, de forma a dificultar-lhe a vida; reter ou esconder informação de que precisa para fazer o seu trabalho.

 

 

Algumas situações de bullying, passam por ataque físico, que é negado ou justificado como não intencional (empurrar, fazer tropeçar, pisar, etc).

 

Algo comum em quase todas as situações de abuso, são as estratégias do agressor para não ser identificado. Em muitas destas situações, apenas a vítima “vê” as suas investidas, tendo a perfeita consciência de que ninguém acreditará se ela tentar dizer o que se passa. Há todo um trabalho intencional feito em volta da vítima, para que esta pareça a culpada ou seja mesmo considerada ela a agressora. Alguns bullies “especializam-se” em fazer com que a sua vítima seja vista como culpada ou responsável por falhas ou erros, que podem levar a grande prejuízo da empresa.

Por vezes este “trabalho” é no sentido de que a vítima comece a ser vista pelos outros como louca ou emocionalmente perturbada.

 

Qual o prejuízo para a empresa?

imgres

Bullying afecta profundamente toda a vida da sua vítima, incluindo o seu desempenho e acabando por afectar também outros colegas, directa ou indirectamente. Muita da energia (e do tempo) das pessoas envolvidas é gasta no processo de agredir ou de se defender da agressão, o que acaba por resultar em prejuízo também a nível financeiro. Em muitas empresas desenvolve-se um mau ambiente que acaba por afectar a própria imagem da empresa.

 

Porquê permitir isso dentro de uma empresa?

A maioria das situações de bullying não é percebida pela liderança. Por outro lado, essa liderança normalmente não tem as competências específicas necessárias para conseguir resolver ou impedir estas situações, pelo que se torna mais fácil “ignorar”. Em situações mais graves mas bastante frequentes, o bully desenvolveu algum tipo de poder sobre a liderança, mantendo esta debaixo de uma pressão de chantagem e/ou manipulação.

 

Bullying é um comportamento intencional e camuflado. O bully só mostra o seu verdadeiro rosto e crueldade quando a sua vítima já não lhe pode escapar (ou acredita que não pode).

 

 

O próximo artigo desta série abordará os vários tipos de bullying, dentro de uma empresa. Fica atento!

 

 

 

 

 

Deixa-nós uma resposta...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>