Muda sua vida...hoje!

Lisboa Counselling
Counselling — Focados na Solução

O foco em counselling não é a análise do problema, mas a sua resolução.

2013-12-08 09.39.10

Na maioria das situações adversas, o nosso primeiro impulso é resolver o problema. Se furamos um pneu, tratamos de o mudar o quanto antes; se entornamos água, pegamos num pano para a limpar; se estamos com sede, arranjamos uma bebida; se partimos um braço, vamos ao hospital… Esta parece ser a atitude que faz mais sentido. Quando temos um problema, o alvo deveria ser resolvê-lo. No entanto, quando se trata de problemas emocionais ou a nível de relacionamentos, a atitude mais comum é precisamente o oposto, o não fazer nada, negar o problema, tomar químicos para o anestesiar ou entrar em intermináveis processos de “análise”, como se o alvo principal fosse perceber o problema e dar-lhe algum nome, e não resolvê-lo.

 

Em counselling o foco, desde a primeira sessão, é resolver o problema. A primeira ênfase é colocada em proporcionar alívio e reduzir os sintomas ou manifestações do problema (por exemplo em situações de ansiedade, preocupação, burnout) e em reduzir os riscos que o nosso cliente possa correr (como em depressão profunda ou tendências suicidas).

 

O cliente tem um papel informado e activo, que leva a um alívio bastante rápido e possibilita a resolução mesmo de situações clínicas graves. O trabalho, na realidade, é um treino de novas competências, em que o cliente desenvolve o seu fortalecimento interior e estabilidade emocional, ao mesmo tempo que “incorpora” skills específicos para resolver o seu problema ou melhorar o seu bem-estar.

2013-11-09 10.25.50 HDR

 

 

 

Através do processo de counselling, a pessoa deixa de ver o problema como um obstáculo e passa a vê-lo como um desafio, como um “ginásio” privativo para treinar novas capacidades.

Counselling investe bastante no desenvolvimento pessoal e no aumento de capacidade dos nossos clientes.

 

 

Counselling lida com qualquer tipo de problema?

Podemos dizer que sim. Counselling resolve principalmente problemas emocionais ou a nível de relacionamentos, conflitos, abuso. No entanto, é também muito usado para lidar com problemas que não pode “resolver”, como por exemplo doenças crónicas ou morte iminente. Neste caso, o investimento é na melhoria do bem-estar do cliente e ajuda em aspectos práticos de como lidar com a sua situação específica. No caso de doenças crónicas, muitas vezes o counselling acaba por levar a uma melhoria ou mesmo “cura” da doença.

 

O que é que determina o sucesso do counselling?

Não é tanto o tipo de problema ou a sua gravidade, mas a atitude do cliente. Em counselling, o papel activo do cliente é fundamental para a mudança da sua situação. Quando o cliente não coopera nesse processo, apenas será possível fazer uma abordagem na linha da psicoterapia tradicional, num processo muito mais demorado. Nesse caso, muitos counsellours optam por sugerir ao seu cliente que procure um psicoterapeuta que use esse tipo de abordagens de média ou longa duração.

 

 

Tenho encontrado pessoas que vivem durante anos com um problema, acreditando que não é possível libertarem-se dele. Com a ajuda de counselling, em poucas semanas pode verificar se a mudança é possível ou não. Embora a maioria dos problemas precise de alguns meses para ser resolvido, é possível ver mudança logo nas primeiras semanas.

 

Pode fazer a si próprio um desafio muito simples — investir um mês de trabalho em counselling para mudar a sua situação. Ao fim desse tempo já poderá perceber o que consegue alcançar através deste serviço.

 

Counselling — apoio e orientação prática para mudar a sua vida.

Não se resigne a viver com o seu problema “de estimação”!

 

 

Deixa-nós uma resposta...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>