Muda sua vida...hoje!

Lisboa Counselling
4.Divórcio — Qual é o Papel do Counselling?

 

Divórcio não tem que significar solidão. A tua vida pode mudar, pode voltar a ter “cor”!

face-4 (1)

 

A forma de lidar com as emoções que surgem num processo de divórcio, varia bastante de pessoa para pessoa. A dor, a raiva, o ódio, a decepção, podem ser usados como fonte de energia para mostrar que és capaz de “dar a volta por cima”. Ou, por outro lado, podes “desistir”, permitir o profilerar de emoções e pensamentos negativos, como culpa, solidão, angústia, incapacidade de compreender ou de aceitar.

 

Passares por um processo de Counselling nesta fase, vai ajudar-te tanto a “arrumares” essa situação e emoções como a preparares-te para seguir em frente sem voltares a repetir os mesmos velhos padrões… que te levarão às mesmas situações e lutas se não forem mudados.

 

Fortalecimento interior

O primeiro passo em Counselling é o trabalho dentro de ti: o desenvolvimento dos teus músculos emocionais, a reestruturação mental, emocional e cura interior. A capacidade de voltares a sentir-te vivo/a, de identificares recursos e ferramentas que podes usar para te ajudar a encontrar a paz e estabilidade interior, a noção de que o teu bem-estar não tem que (e não pode!) depender de outro ser humano, a capacidade de voltares a usufruir.

 

Aspectos práticos

Counselling pode apoiar-te e orientar-te na tua organização pessoal e na gestão de questões tão práticas como o relacionamento com os filhos, regras, limites; a rearrumação da nova realidade; gestão de tempo, de energia, de finanças ou mesmo dos relacionamentos com familiares e amigos (que por vezes tendem a tornar-se mais uma fonte de pressão).

Através de Counselling podes aprender a não permitir que te forcem a tomar decisões precipitadas ou mesmo contra a tua vontade mas, pelo contrário, a tomar decisões conscientes e informadas. Quando necessário, apoio também na implementação dessas decisões que tiveres tomado.

 

Mágoa e perdão

O ressentimento e a mágoa, mesmo quando justificados, são muito destrutivos. Tiram-te a paz e a alegria de viver, danificam a tua auto-imagem e mesmo o relacionamento com os outros. Para poderes seguir em frente, é fundamental passares pelo processo de perdão, da tua libertação interior. Só quando conseguires perdoar, vais conseguir libertar-te e seguir em frente de forma saudável.

Counselling ajuda-te a entender o que é o perdão e como podes fazer esse percurso de “auto-libertação”, apoiando-te ao longo desse processo e ajudando-te a encontrar formas de ultrapassar os teus “impossíveis”.

 

Seguir em frente

Passares por um processo de divórcio não significa que a tua vida acabou. O “seguir em frente” é algo que precisas de planear e trabalhar; de reconstruíres e decidires o que queres que seja a tua vida a partir daí. Podes desenvolver o mesmo percurso que estavas a fazer ou iniciar algo completamente novo, tanto a nível pessoal como profissional.

No entanto, antes de iniciares novos caminhos, é importante desenvolveres a capacidade de ficares bem contigo próprio. Só aí terás a liberdade de escolher algo, ou mesmo uma nova relação, porque “desejas” e não porque “precisas”. São duas motivações muito diferentes.

 

Alguma destas áreas te incomoda ou está a precisar de ser trabalhada? Counselling pode ajudar-te. Contacta-nos!

Deixa-nós uma resposta...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>